Sunday, December 03, 2006

Mais e más lembranças...

O medo da morte,
Parece não existir mais.
Meu temor se torna um desejo.
Cansei de viver, meus pais.
Sua beleza já não preneche meus olhos desatentos,
Cansei de suas mentiras,
Cansei dos meus sentimentos.
A cada segundo que passa,
Sinto a vida me corroer.
Já não me resta vontade,Peço a Deus para morrer.
Mas será que ele vai me escutar?
Será que ele existe?
Não sei nem o que pensar.
Eu quero só quero morrer,
Morrer agora.
Abraçar a eternidade.
Morrer e ir embora.


esse foi um texto escrito há uns 6 anos,
inutil...nem lembro para quem escrevi...como o homem éum ser besta, que acha que sofre do pior mal do mundo,mas nós somos o pior mal do mundo...queria que o garoto que escreveu isso há alguns anos,pudesse ver que isso não mudou em nada a vida dele...se ele tivesse morrido há seis anos, eu teria deixado de viver muita coisa boa,e ainda quero continuar vivendo,dividindo cada pedacinho do meu dia, com as pessoas que amo.Mas seeu soubesse disso tudo, talvez não tivesse graça...Pois são as coisas que menos esperamos que mais nos agradam.Porque, no fundo, ninguém sabe o que realmente quer.só sabemos que queremos, quando temos ou perdemos...Chega disso...Como diz minha namorada, somos "pós adolecentes" não somos mais crianças para viver com medo do mundo...não devemos viver como os outros querem...asvezesnão vivemos nem como queriamos, mas vivemosnossas vidas, e a beleza disso tudo está em se apaixonar por cada dia novo que aponta na janela.Mesmo que não tenhamos tepo de vero dia chegando ou indo embora,Pois já foi aquela época em que sentavamos a tarde na calçada para conversar.Vieram novos dias...Novos angulos de uma mesma vida,Não fuja...apaixone-se!

1 comment:

.мαн. said...

Tava apaixonaaaaaaaaaaadoooooo! hahahahha
E com a tecla de espaço quebrada, pelo jeito :P